Giba Assis Brasil

Bookmark and Share

20 palíndromos com comentários

10 PALÍNDROMOS COM PREFÁCIO
 
Eu não gostava de poesia.
Aí, li Cecília.
 
A hora do vampiro ir pra casa:
Ai de mim, é dia!
 
A dúvida do laboratorista em crise existencial:
Aí no gameta tem agonia?
 
Lois Lane morreu. Que atitude tomará o Super-homem? (versão portuguesa)
Agirá para reviver a rapariga.
 
A cultura do estupro por compensação:
Além o cedi; e hoje, se desejo, hei de comê-la.
 
Larica líquida:
Após a droga, gorda sopa.
 
Explicando como funciona o Nespresso:
É fácil: ali, café.
 
O zagueiro Danilo, preocupado com a jogada do Ghiggia pela ponta:
A sobra, Barbosa!
 
Manifestação contra tudo, sem bandeiras e sem partidos:
Ato idiota.
 
Mais uma justificativa pro golpe:
Adoram liderar, e Dilma roda.
 
 
10 PALÍNDROMOS COM POSFÁCIO
 
Amor, aí a vaca vai a Roma.
E quem tem boca? Vai pro brejo?
 
Aí é da cadeia?
Testando se tem sinal no presídio.
 
Adaga coça, faço cagada.
Mais um motivo pra não andar armado.
 
Ah, louco! O cu olha.
Quem disse que "olho do cu" era só uma metáfora?
 
A toga é a gota.
Não aguento mais ver os juízes do Supremo se exibindo em horário nobre.
 
Ópio? Foi pó.
O cara tinha sido condenado pela droga errada.
 
Omiti gelo legítimo.
Mas fiz questão de dizer que o uísque era falsificado.
 
Rabos, só no nosso bar.
E maionese, só em casa.
 
Rola consolos no calor.
Como um picolé no sol.
 
Reli. Ops! Spoiler.
O problema de reler é ter menos surpresas.
 
 
E 1 PALÍNDROMO SEM COMENTÁRIO
 
Ri? Museu é o réu? Quero eu é sumir.
 
 
Se você acha que palíndromo não é arte, clique no ícone ao lado. Quando chegar a 10 mil descurtidas, esta página vai ser retirada do ar, a Polícia Militar vai jogar bombas de efeito moral na minha casa e eu nunca mais vou poder receber verba da Lei Rouanet. Tudo democraticamente, claro.