Jorge Furtado

Bookmark and Share

O que o Lula disse e o que disseram que ele disse

No jornal Zero Hora, na coluna de Rosane Oliveira (19/08/09), ilustrada por uma mão com um polegar para baixo em sinal de “negativo”, uma nota sobre entrevista de Lula à Rádio Tupi:

“Isso é que é incentivo à leitura: o presidente Lula disse numa entrevista à Rádio Tupi que lê pouco porque livros lhe dão sono, e adora “ver bobagem” na televisão.”

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&so...

x

Livros me dão sono? Lula é inteligente demais para dizer isso no rádio, pensei.

Como acredito cada vez menos no que leio nos jornais, especialmente quando o caso é falar mal de Lula, saí em busca da fonte. E achei, no site da Rádio Tupi. O repórter Francisco Barbosa pergunta:

- Quando o Presidente está sozinho, o que gosta de fazer?

Lula responde que gosta de pescar. E fala, por iniciativa própria, de livros:

“Eu agora estou lendo o novo livro do Chico, Leite Derramado. Então eu passo um pouco da noite lendo. Eu não consigo ler muitas páginas por dia, sabe, que me dá sono. E vejo televisão também. Quanto mais bobagem melhor, eu quero é limpar a cabeça”.

http://74.125.93.132/search?q=cache:m6xLD7mNN-MJ:www.tupi.am/programas/e...
(final da parte 6, começo da parte 7)

X

Perguntas:

1.    Rosane ouviu a entrevista?
2.    Se ouviu, você acha que é jornalísticamente aceitável a síntese que fez da resposta de Lula?
3.    Lula aproveitou seu espaço na rádio para divulgar um livro, de um autor brasileiro. Por que Zero Hora não fez o mesmo?
4.    Não seria um incentivo à leitura se Zero Hora informasse que Lula, um presidente com altos índices de aprovação popular, está lendo um romance de um escritor brasileiro?

X
Não quero ser chato, mas achar erros da mídia contra o Lula é como pescar num aquário.

X

Em sua coluna do dia 23/08/09 na FSP Eliane Cantanhêde apresentou como prova da decadência política de José Sarney o fato dele, no Maranhão, quase ter perdido a eleição para uma “delegada negra”.  Eliane garante que a mão e a voz de Sarney  “nunca mais vão parar de tremer”. As garotas do Saia Justa fazem piadas sobre a peruca de Dilma Roussef que, como se sabe, a usa para atenuar os efeitos do tratamento que faz contra o câncer.

O baixo nível da argumentação de moças tão finas dá uma idéia de quanto o PSDB paulista quer de volta o poder que exerceu por oito anos, período em que quebrou o país 3 vezes, manteve imóvel a trágica desiguldade social brasileira, mudou a constituição em causa própria - não como fez o "ditador" Hugo Chavez, através de consulta popular, e sim subornando votos de deputados, posteriormente cassados, com dinheiro vivo, em malas - fez explodir a dívida pública, aumentou impostos, juros e inflação, torrou 40 bilhões de dólares de reservas para ganhar uma eleição, provocou altíssimos índices de desemprego, entregou o patrimônio público aos banqueiro "privatas" - alguns deles hoje correndo da polícia ou encarcerados - e de onde se despediu com baixíssimos índices de aprovação.

Não será mesmo uma tarefa fácil fazer a maioria dos brasileiros sentir saudade deles em Brasília, mas eles vão fazer força.

Como diz o Azenha, "É o pré-sal, estúpido!"
x
Imperdível:
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/08/26/entre-aspas-liquida-co...
 

Enviado por Wagner Paz Machado em 08 de setembro de 2009.

Mais um pescado no aquário: blog do Josias de Souza. O título dado pelo estimado colunista e blogueiro Josias é: Lula afirma que não lê jornais porque são ‘capengas’ Acontece que o Lula nem disse que não lê jornais e nem que todos eles são capengas. O título acima foi tirado da seguinte declaração: “Alguns deles parecem ter se especializado apenas em notícias negativas, de modo que se tornaram capengas, deixando de transmitir as variadas dimensões da realidade”. Bom, parece que o tal Josias confirmou na prática a crítica de Lula, não?

Enviado por Luis Mario em 07 de setembro de 2009.

O jornalismo da ZH é 100% eunuco. 100%. Editoriais, artigos, falsos-editoriais travestidos de "opinião"... Leio diariamente quase todo o jornal. Minha impressão sempre foi que eles eram parciais, enfim, tinham um lado bem definido. Ok, isso eu aceito. Detesto, mas aceito. De uns 2 anos pra cá, o que leio alí me faz acreditar que vivo em outra dimensão, paralela à nossa. A ZH trabalhou por anos e conseguiu criar um "senso comum" de que o Lula é cúmulo da corrupção e do atraso. E que as "pessoas de bem" já não aguentam mais ele. Não existe crítica contra RBS e Cia. E esse grupo está se apropriando da cultura do estado, assim como a Globo em nível de Brasil. Fica a pergunta...quem substituirá os velhacos Paulo Santanna e Lazier Martins quando o tempo encerrar a carreira (?) deles? Isso dá um documenário..."A verdade segundo a família Sirotsky" hehehe abraços lm

Enviado por Edu em 27 de agosto de 2009.

Você está coberto de razão! E digo mais, não são só "enganos" contra o Lula. Eu diria que estes enganos acontecem em toda a imprensa quando se trata de notícias que, se fossem dadas na íntegra, apresentariam ao leitor informação capaz de gerar uma tomada de posição legítima e pessoal. Parece que todas as notícias passam por um filtro que só deixa passar aquilo que é inócuo ou que vai induzir o cara a uma opinião já escolhida previamente. Espero ter sido claro... Abração Edu

Enviado por César em 27 de agosto de 2009.

Tá difícil achar coisas que prestem na imprensa. Pra fazer o que alguns fazem, realmente, não precisa de diploma

Enviado por Sheila do Amaral em 27 de agosto de 2009.

Seu Jorge: Lendo tuas palavras, faço delas as minhas e fico muito feliz de saber que não estou errada...não estou ficando louca sózinha como me dizem. Pode crer. Sheila Amaral