Cena aberta

CENA ABERTA
(Beta digital, 4 x 30 min, cor, 2003)
(janela 1.33, som digital estéreo)

Série de 4 episódios produzida pela Casa de Cinema para a TV Globo. Partindo de originais literários, cada episódio mostra uma interpretação ficcional misturada a um documentário sobre a sua própria preparação, escolha de elenco, filmagem e finalização.

Exibido originalmente em novembro-dezembro de 2003.

Direção Geral: Jorge Furtado

Direção: Jorge Furtado, Guel Arraes e Regina Casé
Roteiros: Jorge Furtado e Guel Arraes
Apresentação: Regina Casé
Direção de Fotografia: Roberto Henkin
Direção de Arte: Fiapo Barth
Diretora Assistente: Ana Luiza Azevedo
Música: André Moraes
Montagem: Giba Assis Brasil e Alfredo Barros
Produção Executiva: Nora Goulart e Luciana Tomasi.

Uma co-produção TV Globo e Casa de Cinema PoA

Crítica

"Algo de bom está acontecendo no reino da televisão. Por mais paradoxal que possa parecer, neste momento em que o mundo-cão domina grande parte da programação de vários canais, desponta uma tendência que pode tornar a TV brasileira mais humana. Surge um estilo que coloca em foco os brasileiros de menor PIB de maneira civilizada e mais respeitosa. (...) CENA ABERTA parte de uma obra literária, mas não é sobre literatura. Grande sacada de Guel Arraes e Jorge Furtado, o programa usa uma história e vai buscar no mundo real o exemplar humano da personagem retratada."
(Leila Reis, O ESTADO DE SÃO PAULO, 23/11/2003)

"Poderia ser uma variante do programa Video Show - ostentação de todo o aparato, arquivo e memória de uma das maiores produtoras de teledramaturgia do mundo -, mas CENA ABERTA vai além disso e se presta a debater obliquamente o imaginário do espectador de TV. (...) Uma das grandes virtudes dessa proposta era não apenas exibir as técnicas, os recursos e o preparo do ator nas gravações, mas também revelar como as expectativas do público podem estar aquém do que o autor imaginara."
(Helio Ponciano, revista BRAVO, janeiro/2004)

EPISÓDIOS

A hora da estrela
baseado na novela homônima de Clarice Lispector

no ar em 18/11/2003

Negro Bonifácio
baseado no conto homônimo de Simões Lopes Neto

no ar em 25/11/2003

Folhetim (*)
baseado no romance "Ópera de Sabão", de Marcos Rey

no ar em 02/12/2003

As três palavras divinas
baseado no conto homônimo de Leon Tolstoi

no ar em 09/12/2003

(*) O episódio "Folhetim" foi produzido unicamente pela TV Globo. Mais informações no saite Memória Globo.